O bem-estar da mulher e do seu bebé está em primeiro lugar

Segundo o site lifestyle não devemos encarar a gravidez como um estado de infinitas limitações e, as mulheres que tenham gravidez de risco, devem iniciar ou continuar a fazer exercício físico, visto que a prática do mesmo é benéfica tanto para a mãe como para o seu bebé pois terá um estilo de vida saudável.

Cada mulher é um caso e por essa razão devem se aconselhar primeiro com o seu médico. As mulheres que nunca praticaram exercício anteriormente à gravidez devem aguardar os primeiros 3 meses para iniciar. Já as mulheres que treinavam antes podem continuar a faze lo com as devidas alterações e acompanhadas por um profissional especializado.

Acontece por vezes não termos tanta motivação para treinar e estando grávida pode ser uma boa desculpa para se deixar ficar sentada no sofá!

Por esse mesmo motivo foi criado um conjunto de benefícios e recomendações.

Benefícios:

. melhora a autoestima e autoconfiança;

. melhora a condição física;

. previne a diabetes gestacional;

. previne o aparecimento de varizes;

. melhor adaptação cardiovascular á nova situação hemodinâmica;

. um menor aumento de peso corporal;

Recomendações:

. evitar longos períodos de pé sem movimento;

. reforçar uma alimentação saudável e a hidratação;

. evitar atividades competitivas;

. não praticar exercício que envolvam impacto, risco de queda ou outras que possam oferecer riscos para a gravida como para o seu bebé;

É importante referir que existem sinais de alarme aos quais as grávidas devem estar atentas durante o exercício físico.

Fadiga excessiva, palpitações ou dor no peito;

Sinais de perda de líquido

Dores abdominais sem causa aparente;

Perdas momentâneas ou perturbações da visão:

Fortes dores de cabeça persistentes ou tonturas;

Perda de líquido amniótico;

No caso de algum destes sinais de alarme acontecer deve terminar de imediato o exercício físico e consultar o seu médico.

Nos dias de hoje, tanto os médicos como os professores de educação física incentivam a prática de exercício físico a grávidas.

Fonte: American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG), (ACSM,2000,2001) e Tatiana Dominguez, Especialista em Exercício na Gravidez e Pós Parto

Débora Cruz

ÚLTIMOS ARTIGOS