Diferenças entre alimentação vegetariana e vegan

 

A 1 de Novembro comemora-se o Dia Mundial do Veganismo, ao aproximarmo-nos dessa data, aproveitamos para salientar as principais diferenças entre uma alimentação vegetariana e vegan. O vegetarianismo entende-se como a adoção de uma dieta isenta de maior parte dos alimentos de origem animal como a carne e o peixe, contudo consoante o tipo de dieta pode incluir alguns produtos como os ovos ou os lacticínios. Este padrão alimentar incorpora mais alimentos de origem vegetal, incluindo frutas, legumes, todo o tipo de cereais e leguminosas. 

Dentro padrão alimentar vegetariano, existem as seguintes subcategorias:

Ovo-lacto vegetarianos: os indivíduos que apenas consomem de origem animal ovos e lacticínios;

Lacto-vegetarianos: os indivíduos que apenas consomem de origem animal lacticínios;

Ovo-vegetarianos: os indivíduos que apenas consomem de origem animal ovos.

Existem várias razões pelas quais alguns indivíduos escolhem fazer esta dieta: questões de saúde, ambientais, defesa animal, religiosas entre outras, mas a principal razão é a ética e por não concordarem com a morte animal.

O veganismo é considerado um modo de vida, e não somente algo ligado à alimentação. Uma vez que o vegano exclui todas as formas de exploração e mau trato animal. Par além de não consumirem nenhum produto animal, nem mesmo mel, os produtos de higiene, vestuário, atos medicinais entre outros, são excluídos do dia a dia do vegano.

Mais do que um padrão alimentar, torna-se num modo de vida. São também evitados espetáculos com animais, como circos, touradas, zoos ou qualquer atividade que inclua o animal, pois existe a crença que os animais deverão de ter direito à sua liberdade e não ao uso humano.

Nutricionista Adriana Marçal (2983N)

ÚLTIMOS ARTIGOS