Coluna Saudável – CONHEÇA A SUA

Caracterização

As dores na coluna vertebral acontecem na maioria das pessoas em algum momento da sua vida, representando um alto custo social e financeiro para a sociedade.

As doenças da coluna vertebral constituem uma das maiores causas de consultas médicas e de afastamento definitivo do trabalho no mundo, merecendo o assunto interesse junto de médicos e autoridades. Na maioria dos pacientes encontra-se muita dificuldade em localizar as causas da dor. Os exames realizados, na maioria dos casos, apenas despistam quadros não diagnosticando a verdadeira razão da dor.

Assim, importa conhecer para prevenir. Isto é, se queremos evitar medicamentos, fisioterapia ou mesmo a cirurgia, é fundamental conhecer a base.
Definimos a base partindo da seguinte premissa:

– Conhecer a estrutura e como se articula.

A Coluna Vertebral é a “parte subcranial do esqueleto axial. De forma muito simplificada, é uma haste firme e flexível, constituída de elementos individuais unidos entre si por articulações, conectados por fortes ligamentos e suportados dinamicamente por uma poderosa massa musculotendinosa.” In Coluna Vertebral conhecimentos básicos – Jamil Natour 2004

É constituída por 24 vértebras móveis (7 cervicais, 12 torácicas e 5 lombares). As cinco vértebras imediatamente abaixo das lombares estão fundidas no adulto para formar o sacro. A coluna vertebral apresenta 3 curvaturas na sua base: cervical, torácica, lombar. Temos também a região sagrada que deixaremos para outras análises.

A Zona Cervical e Zona Lombar apresentam uma concavidade orientada para a zona posterior e a Zona Torácica apresenta uma orientação para a zona anterior na posição anatómica funcional (em pé com pés afastados e braços caídos ao longo do corpo).

Principais patologias

Uma das principais patologias são as Hérnias Discais.

A hérnia discal ocorre quando o núcleo sai para fora do anel externo em direção ao canal espinal, comprimindo os nervos. Estes são muito sensíveis à pressão, daqui resultando dor, adormecimento ou perda de força numa ou em ambas as pernas. Ocorrem mais frequentemente entre os 35 e os 55 anos e são mais comuns nos homens.

Sintomas das hérnias discais

Os sintomas variam em função da localização da hérnia discal.
Na zona lombar, ocorre dor embora seja importante reforçar que as dores lombares são comuns, afetam cerca de 20% da população e nem sempre resultam de hérnia discal.

A manifestação mais comum de hérnia discal na região lombar é a dor ciática. Pode ainda ocorrer perda de força numa das pernas, sensação de formigueiro ou de adormecimento numa perna ou numa nádega, perda de controlo dos esfíncteres ou uma sensação de queimadura. Quando o disco herniado se localiza na região cervical, a dor localiza-se no pescoço com irradiação para os ombros ou para um braço. Pode ainda causar cefaleias na região da nuca. in Ministério da Saúde, BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE 

10 dicas para prevenir as Hérnias Discais bem como outras patologias associadas:

1. Boa postura nas atividades diárias

2. Realizar exercício físico adequado à sua condição

3. Manter peso corporal adequado

4. Evite fumar

5. Alimentação rica e variada

6. Mexa-se. Não fica mais do que uma hora na mesma posição

7. Evitar movimentos repetidos

8. Uso correto da mochila/mala

9. Tratamento da dor

10. Hábitos Saudáveis

Cinesiologia
Joseph E. Muscolino (Autor)
 O Sistema Esquelético e a Função Muscular Lançado em setembro de 2008 Edição em Português

Autor:

João Teixeira

26/03/2020

ÚLTIMOS ARTIGOS