Beringela à la parmegiana

A beringela apresenta na sua constituição uma série de compostos fenólicos, que lhe conferem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Os compostos fenólicos com maior destaque são:

  • Ácido clorogénico: é um dos mais abundante na beringela e encontra-se presente em todos os tecidos deste legume;
  • Antocinaninas: são os pigmentos responsáveis pela cor púrpura da pele da beringela, dos quais se destacam a nasunina.

A beringela apresenta ainda glicoalcalóides, como a α-solamargina e a α-solasonina, responsáveis pelo sabor amargo que é por vezes associado à beringela. Aos glicoalcalóides têm sido atribuídos efeitos benéficos para a saúde em baixas concentrações.

De forma a tirar partido dos benefícios da beringela, sugerimos a seguinte receita que vai ajudá-lo a inclui-la na sua alimentação:

Ingredientes

  • 1 beringela
  • 5 tomates
  • 1 cenoura
  • 1/3 de talo de aipo (opcional)
  • 1 folha de louro
  • 2 dentes de alho
  • 1 queijo mozzarella
  • Sal e pimenta preta q.b.
  • Manjericão a gosto

Preparação:

  1. Lavar e cortar 5 tomates em cubos e colocar num tacho com a folha de louro, os dentes de alho picados, a cenoura e o aipo cortados em rodelas; deixar cozinhar por 15 minutos.
  2. Retirar a folha de louro e triturar os legumes, de forma a obter um molho de tomate. Temperar com sal, pimenta e manjericão e reservar.
  3. Cortar a beringela em rodelas, com cerca de um dedo de largura, e temperá-las com sal; grelhar as rodelas de beringela.
  4. Cortar o tomate e o queijo mozzarella em rodelas.
  5. Forrar o fundo de pirex com molho de tomate e colocar três rodelas de beringela sobre o molho de tomate; colocar uma rodela de tomate sobre cada rodela de beringela, um pouco de molho de tomate e uma rodela de mozzarella. Repetir o processo com as restantes fatias, terminando com o molho de tomate e uma rodela de mozzarella. Colocar manjericão sobre o queijo mozzarella.
  6. Levar ao forno a 180ºC durante 15 a 20 min.

Nutricionista Ana Isabel Almeida

ÚLTIMOS ARTIGOS